Nosso Blog

Descubra sobre sua Marca

Logotipo ou logomarca: afinal, qual é a diferença entre os dois?

Logotipo ou logomarca: afinal, qual é a diferença entre os dois?

Apesar de estarem fortemente inseridos no no vocabulário de publicitários e designers, os termos logotipo ou logomarca passaram a fazer parte do universo de muitos empreendedores. Isso porque uma marca é muito mais do que apenas o nome da empresa, já que ela também abrange diversos elementos visuais.

Até mesmo a paleta de cores pode auxiliar na diferenciação dos seus concorrentes e na memorização da sua marca por parte dos consumidores, por exemplo. Por isso, se você quer acertar na hora de criar uma identidade visual do seu negócio, confira abaixo qual é a diferença entre os termos logotipo e logomarca.

 

O que é o logotipo

Um logotipo, que também pode ser chamado apenas de “logo”, é a representação estilizada do nome de uma empresa. Ele é um dos elementos principais da identidade visual de uma marca e geralmente é composto pelo nome do negócio, cores e símbolos que o representem de alguma forma.

É a partir do logotipo que outros padrões utilizados para a identificação da marca - como tipo de letra e cores tradicionais que representam a empresa - serão definidos. Justamente por isso, é necessário realizar elaborar um logo sempre levando em conta a linguagem gráfica mais adequada para o público-alvo.

Por se tratar de uma arte criada com exclusividade para uma empresa, o logotipo também atua na construção de uma marca e ajuda a diferenciá-la da concorrência. Marcas como Disney e Fedex são ótimos exemplos de logotipos, já que são basicamente uma representação estilizada dos nomes dessas empresas.

 

O que é a logomarca

Talvez você se decepcione, mas o termo logomarca, na verdade, é considerado equivocado no universo publicitário. Isso porque ele é formado pela união das palavras “logo” e “marca”, sendo que logo vem do grego e significa, justamente, “significado” e “marca”, que vem do germânico “marka”, também traduz-se como significado. 

Dessa forma, “logomarca” se torna redundante, já que é o “significado do significado”. Apesar disso, o termo logomarca também é utilizado para se referir a um desenho, símbolo ou ícone que representa uma marca graficamente, como a famosa maçã da Apple, por exemplo. 

No entanto, a maçã da Apple, na verdade, é “também” um logotipo. Logo, os termos “logomarca” e “logotipo”, muitas vezes, são usados como sinônimos, já que acabam se referindo à mesma coisa. Não à toa, a palavra “logomarca” existe apenas no vocabulário dos brasileiros após a sua popularização.

 

Não basta criar um logotipo, você também precisa protegê-lo

Depois de todo o trabalho para construir um logotipo adequado para o seu negócio, a última coisa que o empreendedor quer é que ele seja roubado por um concorrente. Para evitar que isso aconteça, é necessário registrá-lo no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), autarquia federal responsável pela concessão do registro de marcas no Brasil.

Depois de fazer a pesquisa de viabilidade para verificar se o sinal pretendido está disponível para registro, o processo no INPI para marca figurativa ou marca mista correrá igual para todos os tipos de marca. É importante se lembrar de anexar a imagem do logotipo na hora de enviar as informações pelo formulário. Confira os requisitos:

- Formato de arquivo válido: JPG

- Tamanho mínimo: 945 x 945 pixels (8 cm x 8 cm)

- Resolução mínima: 300 dpis

- Tamanho máximo do arquivo: 2 MB

Vale ressaltar também que é recomendado enviar o arquivo já em formato quadrado, pois será redimensionado para esse padrão inevitavelmente, o que pode causar distorções. Caso a imagem enviada seja colorida, o solicitante estará reivindicando também essas cores, o que significa que o uso do logotipo com outras tonalidades estará fora da proteção. 

Não perca tempo, proteja o seu logotipo contra o uso indevido, cópias indevidas e concorrência desleal. Entre em contato com a Move On, empresa de registro de marcas que conta com um time experiente e pronto para te auxiliar com as questões burocráticas desse processo junto ao INPI.