Nosso Blog

Descubra sobre sua Marca

Como ser um digital influencer

Como ser um digital influencer

O digital influencer é aquele profissional que cria conteúdo para as redes sociais e, com suas publicações, influencia diversas pessoas a comprarem um produto, aderir a causas, entre outras questões. Se você deseja entrar nesse mercado, saiba como ser um digital influencer.

Ser um influenciador digital, muitas vezes, está ligado a ter milhares (e milhões) de seguidores nas redes sociais. Há algumas categorizações para definir melhor os tipos de produtores de conteúdo. Confira:

  • Nanoinfluenciadores: são os criadores que estão na faixa de 1 mil a 10 mil seguidores. Apesar do menor número de fãs, é comum ter um público bastante engajado quando se está no início;
  • Microinfluenciadores:  os micros já estão na faixa de 10 mil a 100 mil seguidores. Estão começando a crescer e a formar um bom público na internet;
  • Intermediários ou Influenciadores médios: são os influenciadores na faixa de 100 mil a 500 mil seguidores. Possuem uma alta taxa de engajamento e ainda conseguem interagir bem com seus fãs;
  • Macroinfluenciadores: eles possuem entre 500 mil e 1 milhão de seguidores. Alguns já são considerados subcelebridades e conquistam boas parcerias com as marcas;
  • Megainfluenciadores ou celebridades: são os influenciadores com mais de 1 milhão de seguidores em, pelo menos, uma plataforma digital. Costumam ter os maiores contratos e são muito procurados pelas marcas. 

Dependendo da sua quantidade de seguidores, isso pode render bastante dinheiro. Há criadores que ganham milhões de reais em patrocínios, os famosos “publis”. Essa profissão tem sido muito procurada, principalmente pela possibilidade de ser seu próprio chefe e também pela rentabilidade. Por esse motivo, vale a pena investir nesta carreira.

Mas todo esse sucesso varia de acordo com a sua produção e, claro, o engajamento dos seus fãs. Por isso que a maior dica é nunca comprar seguidores. Como eles não são “reais”, o seu engajamento será baixo e dificilmente você conseguirá algum trabalho legal.

Afinal, ter seguidores é muito importante, mas muito mais do que isso, trabalhar como digital influencer, significa, principalmente, que você é reconhecido dentro do seu nicho, que possui um público fiel e tem autoridade para falar sobre o seu assunto. Por isso, é preciso uma boa estratégia para fidelizar e engajar os seguidores.

 

O passo a passo para se tornar um digital influencer

Basicamente, não há uma fórmula para se tornar um digital influencer. Porém, é preciso seguir alguns passos para que você esteja no caminho certo para entrar neste mercado tão concorrido. Veja nossas dicas.

Escolha um nicho

Antes de tudo, decida um nicho. Escolha um tema que você ache legal, se interesse. Atualmente, há diversos tipos de criadores de conteúdo para as mais diferentes áreas: esportes, moda, humor, economia, cultura pop, entre outras.

Defina uma rede social

Assim como definir um nicho, também é fundamental escolher uma rede social principal. Estar em todas não é obrigatório, mas como o mercado é muito volátil é preciso sempre se reinventar. Por isso, também é importante que você estude, entenda o funcionamento de cada uma e como elas podem servir para o seu tipo de conteúdo. Veja as principais opções:

  • Instagram: é a rede social onde se concentram a maioria dos grandes influenciadores. Você pode criar conteúdos em fotos e vídeos sobre os mais diversos assuntos;
  • TikTok: a rede social asiática é queridinha do momento. Ela voltada para vídeos curtos, de dança, desafios, humor, culinária, negócios e por aí vai.
  • YouTube: ainda é uma importante rede social para se criar conteúdo e se tornar um digital influencer. Voltada para vídeos de vários temas, ela ainda serve como uma boa aposta.
Crie conteúdo de qualidade

Este mercado é muito concorrido e é preciso se destacar para ganhar seguidores. A principal forma é com um bom conteúdo. Por isso, pesquise sobre o seu nicho e tente inovar na maneira como o seu material é feito.

Faça um mídia kit

Muitas marcas grandes pedem um mídia kit, uma espécie de currículo para os criadores de conteúdo. É bom fazer esse material para contar um pouco da sua história e destacar alguns trabalhos que já fez. Porém, o mais importante é que o seu mídia kit tenha as métricas dos seus seguidores, quantos são, faixa-etária, engajamento, entre outros. É por esse motivo que você precisa estudar as plataformas.

Registrar sua marca

Ser um digital influencer significa que você também é uma marca. Dessa forma, você precisa registrá-la. É a maneira de ter tranquilidade e segurança para que ninguém a utilize de forma ilegal. Todo esse processo de registro de marca é feito junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).

Para que esse procedimento ocorra de uma forma tranquila, você pode contar com os serviços de uma empresa especializada. A Move On gerencia e cuida de toda a burocracia do registro de marca de uma maneira eficiente para minimizar os possíveis obstáculos com o INPI. Entre em contato e saiba tudo o que é preciso para registrar sua marca.