Nosso Blog

Descubra sobre sua Marca

Como anunciar no Facebook e Instagram em 8 passos

Como anunciar no Facebook e Instagram em 8 passos

Ter a sua marca bem posicionada nas redes sociais é fundamental nos dias de hoje, por causa do grande número de potenciais clientes que estão online. Ao mesmo tempo, é importante fazer com que ela chegue até as pessoas certas para obter sucesso nas vendas. Saiba como anunciar no Facebook e Instagram, usando o Facebook Ads, e encontre o público certo.

O que é o Facebook Ads?

O Facebook Ads é uma poderosa ferramenta para a criação de anúncios pagos dentro do Facebook, e podem ser facilmente identificados, pois nas postagens aparece em destaque a palavra “patrocinado”.

Pelo Facebook Ads também é possível gerenciar os anúncios do Instagram, já que as duas redes sociais fazem parte do mesmo grupo.

Um dos grandes diferenciais do Facebook Ads é que ele contribui de forma significativa com o aumento do alcance de sua empresa dentro dessas redes sociais. Além disso, é possível fechar mais negócios, o investimento para esses anúncios são de baixo custo e você pode controlar muito bem os valores usados.

 

Facebook Ads ou Google Ads

Dentro desse mercado de anúncios pagos, além do Facebook Ads, temos o Google Ads. Os dois possuem seus pontos negativos e positivos. O ideal para qualquer empresa é encontrar o que há de melhor em cada um deles e investir, mas vale ressaltar que o Google Ads é indicado para as pesquisas feitas no Google, enquanto que o Facebook Ads, como já foi dito, funciona para as redes sociais. Confira os diferenciais:

Google Ads: a grande vantagem do Google Ads é que os seus anúncios vão se destacar para as pessoas que, de fato, já estão procurando pelo tema. Alguém que vai ao Google já tem em mente o que busca e é aí que você aparece. Já a desvantagem é que os indecisos dificilmente terão acesso ao seu anúncio, sem contar que a disputa com muitas marcas pode elevar o preço do investimento;

Facebook Ads: um dos diferenciais é mostrar o seu anúncio para quem está ainda nas fases iniciais da compra, na pesquisa dos produtos ou serviços. Além disso, a excelente segmentação de alcance e público, e o já citado controle de investimentos, dão mais poder para a ferramenta. Um dos pontos negativos é que, por aparecer para quem não está procurando pela sua marca, as taxas de cliques costumam ser menores nesses anúncios.

 

Tipos de anúncios do Facebook Ads

Você tem, atualmente, a possibilidade de usar 11 tipos de anúncios, mas que estão divididos em três categorias: Reconhecimento; Consideração; e Conversão. Eles podem aparecer no feed de notícias, na aba lateral da página do Facebook, de diversas formas, tudo dependendo do seu objetivo. Confira os anúncios que fazem parte de cada um deles:

  • Reconhecimento: Reconhecimento de Marca; e Alcance;
  • Consideração: Tráfego; Envolvimento; Instalações de Aplicativo; Visualizações de Vídeo; Geração de Cadastros; e Mensagens; 
  • Conversão: Conversões; Vendas do Catálogo; e Tráfego para estabelecimento.

Independentemente do tipo de anúncio, eles precisam seguir três regras básicas:

  • É preciso ter uma imagem, um componente visual no seu anúncio. É importante que a identidade das peças seja a mesma da sua empresa, e que funcione para desktop e mobile;
  • Há um limite de caracteres para os anúncios. São 25 caracteres para o título; 90 para o corpo do texto; e 30 para a descrição do link;
  • Só é permitido, no máximo, 20% de texto na imagem. Essa é uma regra do Facebook e que influencia diretamente no alcance dos seus anúncios. É possível verificar isso por esse link.

Com esse conhecimento, é possível ir para o próximo passo: a estratégia. Já que, antes de criar o seu anúncio, é preciso definir um plano para que ele seja efetivo. Confira três passos para criar uma boa estratégia:

  • Defina um objetivo: falamos que o Facebook Ads oferece 11 tipos de anúncios. Bem provável que uma delas se encaixe no que você deseja, por isso avalie o seu objetivo. Se for para tornar sua marca mais conhecida, busque um formato que se adeque a essa finalidade;
  • Trace metas: com o objetivo definido, tenha uma meta em mente. Tente separar por três faixas: uma mais modesta, o cenário ideal a ser atingido e uma que supere as expectativas. Assim é possível avaliar bem sua campanha;
  • Monitore suas ações: gerenciar o resultado é fundamental para gerar novas ideias e avaliar suas campanhas. Você pode configurar o Pixel do Facebook para analisar as métricas e pensar em estratégias;
  • Faça testes: o Facebook oferece a possibilidade de fazer testes A/B. Ou seja, você pode ver se a imagem funciona, o texto, o anúncio de uma forma geral. Isso evita prejuízos e é muito bom para ajustar a campanha antes do lançamento.

Passo a passo para criar um anúncio no Facebook Ads

Depois de checar todos os pontos anteriores, chegou a hora de criar o seu anúncio no Facebook Ads. Confira o nosso passo a passo:

1) Crie uma uma página comercial para seu negócio.

Esse é o primeiro passo, ter uma página comercial. Os anúncios do Facebook Ads não podem ser feitos por contas pessoais. Se você ainda não tem a sua fanpage, é muito fácil criar. Na sua conta do Facebook, clique no botão de “+” na barra superior, depois em "Página''. Basta seguir as orientações e criar.

2) Escolha o objetivo do anúncio

Com a página criada, vá até o “+” na barra superior e agora selecione “Anúncio”.

Você será levado para o gerenciador onde vão aparecer algumas opções para a sua página, mas para uma experiência mais completa, clique no link no canto inferior da tela com a frase “Vá para o gerenciador de anúncios''.

Nesta página vão aparecer vão aparecer aqueles tipos de anúncios que mencionamos acima: Reconhecimento, Consideração e Conversão. Escolha o que mais se enquadra na sua estratégia e configure o seu anúncio.

3) Defina orçamento e horário

Sem dúvidas, essa é uma das partes mais importantes, já que será definido o período do seu anúncio e quanto será investido. Em relação ao orçamento, há duas opções: Diário, que define uma média para ser gasta por dia; e o Total, o valor completo que você vai investir durante toda a campanha.

Agora, você pode escolher quando quer começar a rodar os seus anúncios e também uma data para finalizar a campanha.

4) Selecione a sua audiência

Outra parte importante é fazer a segmentação do seu público. Aqui, tudo vai depender, mais uma vez, do seu objetivo. Que envolve idade, localização, gênero e outros fatores, como interesses pessoais.

Um detalhe importante é que, à medida que você fizer o filtro, o Facebook mostra o alcance e a estimativa de cliques e interações que a publicação pode receber.

5) Escolha o tipo de veiculação

Com tudo selecionado e definido, escolha qual será a veiculação do seu anúncio. Como já dissemos, ele pode aparecer em diversas posições da tela. Se você tiver experiência no assunto, pode selecionar “Posicionamento Manuais'' e definir cada formato.

A recomendação, inclusive do próprio Facebook, é escolher “Posicionamento Automático” para que os anúncios sejam alocados da melhor forma.

6) Otimize seu anúncio

O Facebook oferece a possibilidade de definir um valor de custo para ser usado. Você pode escolher esse controle, se tiver uma meta de custo muito específica. Caso não queira, deixe em branco que o Facebook vai usar seu orçamento e obter o máximo de resultados com ele.

7) Crie o anúncio

É a hora de botar toda a criatividade em prática, já que será preciso dar o nome da campanha, inserir a imagem, carrossel ou vídeo do anúncio - dependendo sempre do seu objetivo -, que pode ser uma do Facebook ou criada por você, e escrever também a legenda do anúncio. Agora, defina o título do seu anúncio, que vai aparecer abaixo da sua imagem. É possível colocar também uma breve descrição da campanha, mas é opcional

No campo URL, você insere algum link para onde quer direcionar o seu cliente e, por fim, escolhe um Call to Action (Chamada para ação, em tradução livre do inglês). Ela vai direcionar alguma ação que você deseja que o seu público faça, como “Saiba mais”, “Fale conosco”, “Baixe agora”, entre outras.

8) Publique o anúncio

Mas antes de publicar, você precisa definir uma forma de pagamento, que pode ser por boleto, cartão de crédito e também pela plataforma PayPal.  Selecione a opção “Ferramenta para empresas'', no canto superior direito e, depois, clique “Cobrança” para escolher a que for melhor para você.

Pronto! Agora é só publicar o seu anúncio. Antes de entrar para veiculação, o Facebook irá avaliá-lo. Se for aprovado, ele será postado. Agora, no gerenciador de anúncios, você pode verificar o andamento da sua campanha e fazer ajustes, caso seja preciso. 

Como você foi possível perceber, criar anúncios no Facebook Ads é um processo que envolve estudo, pesquisa, mas que todo esse esforço pode ajudar muito na expansão da sua marca. Por isso, vale a pena apostar nessa ferramenta.

 

Registre a sua marca

Se você busca criar anúncios pelo Facebook Ads para expandir a sua marca, saiba que também é importante que ela seja registrada. Isso evita que sua marca seja usada de forma ilegal. Todo esse processo é feito junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).

Para que esse procedimento seja feito de uma forma tranquila, você pode contar com os serviços de uma empresa especializada. A Move On gerencia e cuida de toda a burocracia do registro de marca de uma maneira eficiente para minimizar os possíveis obstáculos com o INPI. Entre em contato e saiba tudo o que é preciso para registrar sua marca.