Nosso Blog

Descubra sobre sua Marca

Como abrir uma empresa no Brasil

Como abrir uma empresa no Brasil

Com o mercado aquecido e cada vez mais pessoas buscando ter o seu próprio negócio, é importante saber como abrir uma empresa. Dentro desse processo, há algumas etapas a serem seguidas. Confira cada uma delas e comece agora o seu novo empreendimento de sucesso.

 

Quanto custa abrir uma empresa?

 

O valor vai depender de diversos fatores, porque cada cidade e estado terão suas próprias taxas para fazer essa abertura nos órgãos públicos. Além disso, cada local tem a sua exigência para dar andamento no processo.

Por isso, é importante ter em mente que no planejamento da abertura da sua empresa, é fundamental conhecer os custos desse processo. Eles precisam constar no seu orçamento inicial para não ter surpresas quando for abrir o seu CNPJ.

Mas há também casos onde o processo é gratuito, como é o MEI, o Microempreendedor Individual. Esse tipo de empresa pode ser aberta de forma fácil, prática e gratuita por meio do Portal do Empreendedor. Se for o seu caso, é uma excelente alternativa.

 

Documentos para abertura de uma empresa

 

Para fazer esse procedimento, você precisa apresentar documentos pessoais e profissionais. Lembrando que se você tiver sócios, eles também precisarão apresentar os documentos deles.

 

Os documentos pessoais são:

  • Cópia autenticada do RG;
  • Cópia simples do CPF;
  • Certidão de casamento, caso seja casado;
  • Carteira do órgão regulamentador, como OAB, CRA, CREA, CORE, entre outros;
  • Cópia simples do comprovante de endereço residencial; 
  • Última declaração do Imposto de Renda.

 

Além deles, é preciso apresentar os seguintes documentos empresariais:

  • Cópia simples do comprovante de endereço comercial onde será a sede da empresa, caso seja diferente do residencial;
  • Cópia do IPTU ou de outro documento que conste a Inscrição Imobiliária, ou Indicação Fiscal do imóvel que irá abrigar o estabelecimento;  
  • Atividades exercidas;  
  • Nome fantasia.

 

O passo a passo para a abertura de uma empresa

 

Uma dica de ouro é ter paciência. É importante saber que a abertura de uma empresa é um processo que demanda tempo até a sua conclusão, podendo variar de 30 a 45 dias, dependendo do local. No mais, vamos ao passo a passo.

 

Defina o modelo de negócios

Nos últimos anos, os modelos de negócios evoluíram de forma considerável. Dessa forma, é importante que sejam definidas todas as ações que a sua empresa vai aplicar durante o funcionamento. Isso facilita o seu dia a dia, pois você terá total domínio sobre a condução da companhia, levando em consideração o seu trabalho e o dos seus clientes, para potencializar os resultados do negócio.

 

Escolha qual o seu tipo de empresa

No caso das companhias menores, os portes mais comuns são MEI, ME e EPP. Basicamente, o MEI, como já explicamos acima, é bastante simples de abrir, mas possui algumas limitações, como o limite de faturamento anual de R$ 81 mil. Já ME e EPP ofertam mais possibilidades para o seu negócio.Entretanto, é sempre importante repetir: é preciso entender qual tipo de empresa se encaixa com o objetivo da sua companhia.

 

Defina a Natureza Jurídica

Outro passo importante é definir a natureza jurídica do seu negócio, ou seja, dizer como ela é constituída, quem são os sócios, a parte de cada um, investimento inicial, entre outros. Empresário Individual (EI), Sociedade Limitada (LTDA) e Sociedade Anônima (SA) são tipos bem comuns.

 

Selecione as atividades que vai exercer

Definir as atividades que serão exercidas são fundamentais, deixando claro quais serviços a sua empresa pretende executar. Além disso, garante a melhor tributação para o seu funcionamento.

Descreva de forma detalhada todos os seus planos nesse processo, para se enquadrar na Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAEs). Com o seu CNPJ, você pode ter mais de uma CNAE, mas só uma delas será definida como principal, de forma que as demais entrarão como secundárias.

 

Selecione o seu regime tributário

Com a definição do porte,  da natureza jurídica e das atividades exercidas pela sua empresa, o próximo passo é escolher o regime tributário. Encontrar o ideal é imprescindível para que você não pague mais taxas do que precisa. Para quem está começando, o ideal é o Simples Nacional, processo com alíquotas mais baixas, declaração simplificada e menor burocracia, para aqueles que faturam até R$4.8 mi por ano.

 

Elabore o Contrato Social

O Contrato Social é o documento onde constam todos os dados básicos do seu negócio, como quem são os sócios, endereços, a função de cada sócio, etc. Toda a empresa no Brasil precisa dessa documentação para poder fazer o registro nos órgãos públicos e operar.

 

Faça o registro na Junta Comercial

Os documentos para fazer o registro na Junta Comercial variam muito de acordo com o seu Estado e a sua cidade, pois há grandes diferenças entre cada uma delas. Leve aqueles documentos que informamos no início do texto para fazer este passo.

Porém, algumas atividades podem pedir documentos específicos que você pode consultar durante o processo. Após esse registro, você terá o seu CNPJ em mãos. 

 

Obtenha o alvará de funcionamento

Um ponto a ressaltar é que esta etapa não é obrigatória para todos os tipos de empresas. Mas para as que devem retirar, vale destacar que o processo do alvará de funcionamento pode ser feito online, o que facilita muito a sua vida. Esse documento autoriza a empresa a exercer a sua atividade, de acordo com as normas exigidas.

 

Faça a inscrição Estadual ou Municipal 

Dependendo do tipo de empresa que você acabou de abrir, serviço ou comércio, é preciso fazer a inscrição no estado e/ou no município para seguir com as suas operações.

 

Registro de Marca

Com a sua companhia aberta, há ainda um passo fundamental para seu negócio: o registro de marca. Esse procedimento é feito junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI)e garante o uso exclusivo do nome e da identidade visual do seu negócio pelo período de 10 anos, fortalecendo a sua marca no mercado e impedindo, por exemplo, que outra pessoa utilize-a no mesmo nicho de atuação que o seu.

 

Nesses casos, para evitar entraves com o INPI, é muito importante contar com os serviços de uma empresa especializada. A Move On gerencia e cuida de toda a burocracia do registro de marca de uma maneira eficiente. Entre em contato e saiba tudo o que é preciso para registrar sua marca.